oftalmologia, veja mais

Tudo sobre Ceratocone

A córnea é a parte clara frontal de cada um de seus olhos. É através dela que os olhos podem focalizar a luz. Contudo, alguns problemas oculares podem trazer alguns problemas para que os olhos realizem suas funções, como o Ceratocone. Fonte – Visare Rio.

# O que é o Ceratocone?

O Ceratocone é uma doença que afeta a textura, espessura e o tamanho da córnea, que fica com a aparência de um cone. Com essa alteração de formato, a córnea acaba possibilitando a passagem de muita luz pelos olhos, o que retira o foco da visão, que se torna borrada e distorcida, dificultando a realização de atividades diárias comuns como ler ou dirigir.

# O que causa o Ceratocone?

A Medicina não sabe afirmar com precisão o que causa o Ceratocone. A princípio, pode ser um problema relacionado à genética (transmissão hereditária pelos genes dos pais).

O Ceratocone começa a se apresentar desde o fim da adolescência até aproximadamente os 20 anos de idade.

# Quais os sintomas do Ceratocone?

Geralmente o Ceratocone atinge ambos os olhos, levando a problemas de visão. Os sintomas podem ser diferentes em cada um dos olhos e podem se alterar ao longo do tempo.

São sintomas:

  • visão ligeiramente distorcida, onde linhas retas parecem dobradas ou onduladas;
  • aumento da sensibilidade à luz e ao brilho;
  • vermelhidão ou inchaço dos olhos;
  • visão mais desfocada e distorcida;
  • aumento da miopia ou do astigmatismo. Como resultado, você pode precisar de várias e diferentes prescrições de óculos com frequência;
  • não se adaptar com lentes de contato, justamente pela alteração da forma da córnea.

O Ceratocone leva algum tempo para se desenvolver (às vezes anos), mas em alguns casos a evolução da doença é rápida. A córnea pode inchar de repente e começar a demonstrar alterações, como a perda da suavidade, tornando-se mais escura. Como resultado, a visão se torna ainda mais distorcida e embaçada.

# Diagnóstico do Ceratocone

O Ceratocone pode ser diagnosticado através de um exame ocular de rotina. Seu oftalmologista examinará a sua córnea e medirá o tamanho da curva, o que será capaz de constatar se houve alguma mudança Seu oftalmologista também poderá mapear a superfície da córnea usando um computador especial, que fornecerá imagem detalhada acerca da condição da superfície da córnea.

Leave a Comment